PRECISA DE AJUDA? FAQ

Pesto zen!

04 de Maro de 2014

 

Zezé e suas invenções gastronômicas

Maria José de Andrade, a Zezé, nasceu no triângulo mineiro – região historicamente conhecida por uma comidinha caseira inigualável, e desde sempre gostava de cozinhar. Filha de uma professora e um agricultor, aprendeu cedo também dos cuidados com a terra.

Psicóloga de formação, comprou o terreno do Sítio Três Barras quando se aposentou, em 2002. Buscava um espaço adequado às suas expectativas de vida e encontrou em Gonçalves exatamente o que procurava. Foi amor à primeira vista.

Desde o início plantou orgânicos e participava da feira de produtores da Mantiqueira, um grupo de pequenos produtores rurais dedicados ao cultivo de hortaliças, legumes e frutas, que abandonaram o uso de adubos e defensivos químicos.

Zezé logo percebeu que poderia inserir no grupo algumas antigas receitas de família. Suas broas de milho e pães de queijo fizeram sucesso, e aos poucos ela ia levando cada vez mais produtos para comercializar na feira. Passou a fazer pesquisa com algumas frutas e processar seus legumes como uma forma de valorizá-los.

Suas invenções nascem por acaso. O tomate pelado, por exemplo, foi colhido in natura, em abundância, e processado para substituir o tomate pelado da latinha que sua filha gostava de usar para fazer molhos. O creme de jaca foi uma experiência que fez com o fruto que ganhou de seu irmão. Assim vão surgindo molhos, cremes e geleias inventivas, como a de maçã com pimenta e outras de época, como a de jabuticaba. As frutinhas são colhidas uma a uma e transformadas no doce, feito com o mínimo de açúcar para ressaltar o sabor da fruta, mas não está disponível o ano inteiro.

Alimentos bons com boas energias
O Três Barras nasceu, também, da vontade de aplicar energias positivas ao cultivo e desenvolvimento de produtos para que eles contribuam com a saúde e o bem estar de outras pessoas.

Além de psicóloga, Zezé é instrutora de meditação, e usa seus conhecimentos aplicados na prática. Quem trabalha no sítio tem aulas com ela e deve praticar a meditação. Este foi o modo encontrado por Zezé para manter o ambiente equilibrado. No sítio, há uma preocupação muito grande com as energias do alimento. Se em algum dia um funcionário não estiver se sentindo bem, não participa de nenhuma das etapas da produção, e esse cuidado pode ser sentido nos produtos.


Ingredientes orgânicos colhidos no sítio da Zezé

Pesto: receita de origem italiana com tempero brasileiro
A receita tradicional italiana era usada por Zezé para fazer para a família e os filhos quando eram menores. Todos mundo gostava, então ela resolveu fazer! Usou manjericão e azeite orgânicos e o pinhão, para substituir os pinoli. O ingrediente é super local e popular na região, e combinou perfeitamente com o pesto de Zezé.

RELAÇÕES COM ESTA HISTÓRIA